Conecte-se conosco

Educação Financeira

Confira Bancos com as menores taxas de crédito pessoal

Filipe Andrade

Publicado

em

Crédito no Brasil: juros e inadimplência em alta

Confira os Bancos com as menores taxas de crédito pessoal do mercado.

Ranking divulgado pelo portal de notícias O Especialista, através do Banco Central (BACEN).

Com a SELIC a 12,75% ao ano, empresários e consumidores estão cada vez mais receosos para se alavancarem através de empréstimos pessoais.

Nesse sentido, o dilema presente na vida dos brasileiros é qual a melhor forma de lidar entre a alta dos preços de bens e serviços e, ao mesmo tempo, obterem recursos para manterem sua qualidade de vida.

Com isso, confira Bancos com as menores taxas de crédito pessoal (que não são descontados diretamente na folha dos devedores)

Em primeiro lugar, é necessário que o tomador de crédito esteja atento à todas as taxas envolvidas em uma operação de crédito pessoal.

É muito comum que instituições focadas em oferecer recursos a terceiros tenham custos embutidos aos seus financiamentos, não focando na Taxa Efetiva e Taxa Real de uma operação.

Sendo assim, é importante ressaltar que:

A Taxa Efetiva é aquela é a porcentagem total que coincide com os juros a serem pagos pelo devedor.

Já a Taxa Real expurga os efeitos da inflação no período da operação.

Para facilitar a tomada de decisão de tomadores de crédito, confira os Bancos com as menores taxas de crédito. Veja a seguir as TAXAS MENSAIS de cada instituição:

  1. Banco J. Safra | 1,94% |
  2. Banco Safra | 2,05% |
  3. Caixa Econômica Federal | 2,26% |
  4. Banco C6 | 2,92% |
  5. BTG Pactual | 3,62% |
  6. Banco do Brasil | 3,78% |
  7. Nubank | 4,10% |
  8. Itaú Unibanco | 4,12% |
  9. Banco XP | 4,46% |
  10. Santander | 5,53% |

Alternativa aos bancos

Para além dos bancos tradicionais mencionados acima, precisamos falar também de uma opção já popular entre os brasileiros: as famosas fintechs. Se anos atrás era necessário ir até uma agência bancária para abrir uma conta, fazer transferências de dinheiro ou mesmo pagar um boleto, hoje as fintechs garantem a praticidade que o consumidor tanto necessita. Elas são empresas de crédito menos burocráticas, e por isso conseguem oferecer modalidades como o crédito com garantia ou pessoal, por exemplo, com taxas de juros mais baixas.

Continue lendo