Conecte-se conosco

Ações

Petrobras anuncia grande aumento no preço da gasolina

Filipe Andrade

Publicado

em

Petrobras anuncia grande aumento no preço da gasolina

A Petrobras (PETR4) divulgou, na terça-feira (15), um aumento no preço da gasolina e do diesel destinado às distribuidoras. Entretanto, o aumento entrará em vigor a partir de quarta-feira (16).

O preço por litro da gasolina terá um incremento de R$ 0,41, alcançando R$ 2,93. Já o valor por litro do diesel será elevado em R$ 0,78, atingindo R$ 3,80.

Em comunicado, a Petrobras enfatizou que “o montante efetivamente cobrado ao consumidor final nos postos também sofre influência de outros fatores, como impostos, mistura de biocombustíveis e margens de lucro na distribuição e revenda”.

Apesar das elevações, a empresa destacou que, até o presente momento em 2023, a variação acumulada nos preços dos combustíveis demonstrou uma diminuição. Esse valor é de R$ 0,15 por litro para a gasolina e de R$ 0,69 por litro para o diesel.

Recente política de precificação e ajustes da Petrobras

Em maio deste ano, a Petrobras divulgou uma nova política de precificação que determinou o término da política de paridade de importação (PPI). Ainda mais, esse sistema que adequava os valores dos combustíveis de acordo com a cotação do dólar e do petróleo no cenário internacional.

A nova abordagem comercial, que muitos especialistas consideraram pouco transparente, busca integrar “parâmetros que refletem as ótimas condições de refino e logística da Petrobras em sua estrutura de preços”. Ainda mais, essas informações são as oficiais da empresa.

“Inicialmente, isso permitiu à companhia reduzir os preços da gasolina e do diesel e, recentemente, amortecer os impactos da volatilidade e da rápida elevação dos preços internacionais, promovendo um período de estabilidade nos valores para seus clientes”, destacou a Petrobras.

No entanto, o acentuado aumento dos preços do petróleo no mercado global, juntamente com uma súbita valorização do dólar nas últimas semanas, levaram a empresa a atingir o “limite de otimização operacional, incluindo importações suplementares”.

Nesse sentido, de acordo com a empresa, esses elementos tornaram imprescindíveis os ajustes tanto na gasolina quanto no diesel. Do mesmo modo, o aumento tem objetivo de alinhar os preços da Petrobras aos praticados no mercado e melhorar as margens da empresa.

Continue lendo