Conecte-se conosco

Ações

Lojas Marisa anuncia fechamento de unidades em 2023

Filipe Andrade

Publicado

em

Lojas Marisa anuncia fechamento de unidades em 2023

A rede de departamento Lojas Marisa (AMAR3), uma das principais empresas de varejo de moda do Brasil, anunciou que irá fechar algumas de suas unidades ao longo do ano de 2023. De acordo com a empresa, a decisão faz parte de um plano de reestruturação que tem como objetivo tornar a operação mais eficiente e rentável.

A Marisa informou que ainda não tem uma lista definitiva das lojas que serão fechadas, mas que o processo de mapeamento já está em andamento. A empresa afirmou que vai priorizar o encerramento de unidades que estejam com baixo desempenho financeiro ou que estejam em locais com alta concorrência.

Apesar da notícia, a Marisa reforçou que não pretende sair de nenhum mercado em que já atua. A empresa está presente em todas as regiões do Brasil e conta com mais de 400 lojas físicas, além de sua plataforma de vendas online. Ainda segundo a Marisa, a estratégia é manter uma presença forte e consolidada em todo o país, mas com uma operação mais enxuta e eficiente.

Não perca a oportunidade de aprender a investir seu dinheiro de forma inteligente no Curso Como Investir: Do Iniciante ao Avançado, que será realizado no sábado, dia 15/04/2023, das 09h às 12h. Esse curso completo é a solução ideal para quem quer maximizar seus investimentos, desde os conceitos básicos até as estratégias avançadas.

E o melhor de tudo? Estamos oferecendo uma promoção especial por tempo limitado! O curso está disponível por apenas R$29,90 e, se você usar o código MERCADO na inscrição, receberá um desconto adicional de R$10. Não perca mais tempo se perguntando como investir seu dinheiro de forma eficaz. Inscreva-se agora no Curso Como Investir: Do Iniciante ao Avançado e comece a investir com confiança. Garanta o seu lugar enquanto a promoção ainda está disponível!

Desafios e oportunidades para a Lojas Marisa (AMAR3) em um mercado cada vez mais competitivo

A decisão da Marisa de fechar algumas de suas lojas faz parte de um movimento mais amplo do setor de varejo brasileiro, após a Americanas anunciar um rombo de mais de R$ 40 bilhões. Com a crescente competição de empresas internacionais como a Amazon e o aumento das compras online, as lojas físicas têm tido dificuldade em manter a rentabilidade.

No entanto, a Marisa também tem algumas vantagens competitivas importantes. A empresa tem uma marca forte e reconhecida, além de uma ampla presença geográfica em todo o Brasil. Além disso, a Marisa tem investido cada vez mais em sua plataforma de vendas online, o que pode ajudar a compensar a redução das lojas físicas.

Para enfrentar os desafios do mercado, a Marisa deve continuar a investir em inovação e tecnologia, aprimorar sua oferta de produtos e serviços, e aprimorar a eficiência de sua operação. Além disso, a empresa pode buscar parcerias estratégicas com outras empresas para expandir sua presença e aumentar sua base de clientes.

Em resumo, o anúncio da Marisa de fechar algumas de suas lojas é uma medida necessária para tornar a operação da empresa mais eficiente e rentável em um mercado cada vez mais competitivo. No entanto, a Marisa tem vantagens competitivas importantes que podem ajudá-la a enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades do setor de varejo.

Companhia anuncia mudanças importantes

A Lojas Marisa (AMAR3) anunciou neste domingo (12) que Marcelo Doll Martinelli renunciou à presidência do Conselho de Administração. Nesse sentido, para substituí-lo, a rede de varejo elegeu João Pinheiro Nogueira Batista. Além disso, a empresa também anunciou a renúncia de Dilson Batista dos Santos Filho como membro independente do Conselho, sendo substituído por Luis Paulo Rosenberg.

Varejista também anunciou a renúncia de Dilson Batista dos Santos Filho como membro independente do conselho, sendo substituído por Luis Paulo Rosenberg

João Pinheiro Nogueira Batista, o novo presidente do Conselho de Administração, foi diretor financeiro da Petrobras (PETR4). Atualmente é presidente do Conselho de Administração da Codesa e conselheiro da petroquímica Braskem (BRKM5), de acordo com a Marisa Lojas.

Continue lendo