Conecte-se conosco

Ações

Lojas Marisa (AMAR3) anuncia mudanças importantes

Filipe Andrade

Publicado

em

Lojas Marisa anuncia fechamento de unidades em 2023

A Lojas Marisa (AMAR3) anunciou neste domingo (12) que Marcelo Doll Martinelli renunciou à presidência do Conselho de Administração. Nesse sentido, para substituí-lo, a rede de varejo elegeu João Pinheiro Nogueira Batista. Além disso, a empresa também anunciou a renúncia de Dilson Batista dos Santos Filho como membro independente do Conselho, sendo substituído por Luis Paulo Rosenberg.

Varejista também anunciou a renúncia de Dilson Batista dos Santos Filho como membro independente do conselho, sendo substituído por Luis Paulo Rosenberg

João Pinheiro Nogueira Batista, o novo presidente do Conselho de Administração, foi diretor financeiro da Petrobras (PETR4). Atualmente é presidente do Conselho de Administração da Codesa e conselheiro da petroquímica Braskem (BRKM5), de acordo com a Marisa Lojas.

Na semana passada, a empresa também anunciou as renúncias do CEO Adalberto Pereira Santos e do membro independente do Conselho de Administração Marcelo Adriano Casarin. A Marisa Lojas também informou a contratação da BR Partners para ajudá-la no processo de reestruturação da dívida financeira e da Galeazzi Associados para apoiar na otimização da estrutura de custos.

Desde então, as ações da varejista vêm sofrendo uma forte queda. Na última sexta-feira, as ações fecharam o pregão valendo R$0,77, com uma queda de 44,2% somente em fevereiro.

Lojas Marisa responde questionamentos da B3

Na sexta-feira, em resposta a um questionamento da B3, a Marisa atribuiu as flutuações incomuns de seus ativos às especulações do mercado sobre a situação da empresa, devido à renúncia do CEO e à contratação da Galeazzi Associados para ajudar na otimização da estrutura de custos.

Ações caíram 6,2% após renúncia de CEO

As ações da Marisa (AMAR3) tiveram uma queda acentuada na quarta-feira (8), depois que a empresa anunciou a renúncia do seu CEO, Adalberto Pereira dos Santos, após apenas oito meses no cargo. As ações fecharam com uma forte queda de 6,19%, valendo R$ 1,06. Vale destacar que, devido ao baixo valor nominal dos ativos, qualquer variação em centavos leva a uma significativa variação percentual.

Além da renúncia do CEO, a varejista anunciou que contratou o BR Partners e a Galeazzi para ajudar na negociação de suas dívidas.

A Marisa tem registrado uma perda de caixa trimestral e prejuízos, e em setembro de 2022, tinha uma dívida bruta de R$ 788 milhões (considerando sua unidade financeira). Este número corresponde a 44,7% do patrimônio da empresa, sendo que R$ 200 milhões serão vencidos em um curto prazo.

Continue lendo