Conecte-se conosco

Mercado

Selic sobe 0,5 ponto percentual, para 13,75%

Filipe Andrade

Publicado

em

Selic foi aumentada em 0,5% pelo banco central brasileiro

O Banco Central subiu, no dia 03 de agosto de 2022, a taxa Selic em 0,5 ponto percentual, a 13,75%. Além disso, é o maior patamar desde janeiro de 2017 e no décimo segundo Comitê de Política Monetária (Copom) consecutivo com avanço das taxas.

Por outro lado, esse aumento da taxa, que foi uma decisão unânime do Copom, já era esperado pelo mercado. Ainda mais, no comunicado, o Copom demonstrou que avaliará a necessidade de um ajuste residual, de menor valor, em sua próxima reunião.

Nesse sentido, desde o primeiro aumento, em março de 2021, a taxa já subiu 11,75 pontos porcentuais, no maior aumento de juros desde 1999, em que, durante a crise cambial, o banco central subiu a Selic em 20 pontos porcentuais de uma vez só.

Adicionalmente, a autoridade monetária fez um alerta ao afirmar que a possibilidade de que medidas fiscais de estímulo à demanda se tornem permanentes acentua os riscos de alta para o cenário inflacionário.

Entretanto, os responsáveis afirmaram que o aumento do risco de desaceleração da economia global também acentua os riscos de baixa nos preços.

Selic a 13,75%: veja como ficam os investimentos

A elevação dos juros em mais 0,5 ponto percentual irá aumentar os rendimentos de investimentos que acompanham a Selic como CDBs (Certificado de Depósito Bancário), títulos privados e do Tesouro Direito, superando de longe o retorno oferecido pela tradicional caderneta de poupança.

Do mesmo modo, simulações de investimentos mostram que, com a Selic a 13,75%, diversos investimentos em renda fixa ficarão mais atrativos, com uma rentabilidade líquida (descontada a inflação projetada e o imposto de renda) de até mais de 7% para o período de 12 meses.

Veja:

Caderneta de poupança: 6,17%
Tesouro Selic: 13,65%
CDB banco médio: 15,70%
CDB banco grande: 10,24%
LCA (isenta de IR): 13,38%

Em CDBs, investimentos mais comuns, a rentabilidade média projetada é de 0,97% em 12 meses para aplicações em títulos de bancos grandes e de 5,05% em bancos médios, já descontada a inflação e o IR.

Ganhar mais com rendas fixas do que com ações é possível

Com as taxas de juros estressadas no Brasil, ganhar mais com rendas fixas do que com ações é possível. E no caso de agora, podemos estar passando por uma grande oportunidade de entrar nesses tipos de investimentos.

De forma simples, os investimentos de renda fixa possuem uma correlação positiva com as taxas de juros do país. No caso, o investidor requer um rendimento maior do que requeria anteriormente.

Veja aqui, como ganhar mais com rendas fixas.

Continue lendo