Conecte-se conosco

Ações

Construtora Tenda (TEND3) vendeu 22% menos nos últimos 12 meses

Filipe Andrade

Publicado

em

Construtora Tenda divulgou resultados operacionais

A Construtora Tenda (TEND3) divulgou fato relevante sobre a prévia operacional referente ao 2T22 no dia 18 de julho de 2022. Além disso, as vendas diminuíram 22% na comparação anual. Ainda mais, os lançamentos somaram um total de R$ 769,1 milhões.

Entretanto, o preço médio observado no trimestre foi de R$176,6 mil, um aumento de 20% na comparação com 12 meses atrás. Nesse sentido, a companhia vem dando sequência na estratégia de precificação, privilegiando a reconstrução de suas margens.

Segundo a empresa, foram lançados 10 empreendimentos totalizando R$ 769,1 milhões com preço médio de R$201,1 mil. Adicionalmente, esse número é 2 22% menor na comparação anual.

Com isso, as vendas líquidas totalizaram R$ 558,4 milhões e preço médio de R$183,0 mil uma queda de 34,9% na base anual e -19,0% em relação ao último trimestre.

De acordo com a empresa, os resultados operacionais são preliminares ainda sujeitos à revisão da auditoria.

A Tenda (TEND3) é  uma das principais construtoras e incorporadoras com foco em habitação popular no Brasil.

Construtora Tenda quer aumentar sua dívida

A mineira Construtora Tenda (TEND3) convocou uma assembleia de credores debenturistas da 7ª sétima emissão. Além disso, a “AGDvisa negociar uma licença que permita à construtora manter um nível de endividamento bem mais alto do que o acertado quando pegou o dinheiro emprestado.

Entretanto a companhia espera poder negociar os acordos originais e manter a operação. A construtora mineira vai propor a licença para que a sua alavancagem de 33% possa subir para até 80% em 2022, atingindo o pico de 85% no primeiro semestre de 2023.

Entretanto, a Tenda se dispõe a pagar um prêmio de 1,75% ao ano. Com isso, a remuneração dos credores, que estava na faixa de CDI + 2,5% ao ano, subirá para o patamar de CDI + 3,75% ao ano, aproximadamente.

Continue lendo