Conecte-se conosco

Nacional

Nova presidente da Caixa: Daniella Marques é anunciada

Publicado

em

Após a saída do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, o presidente Bolsonaro anunciou Daniella Marques como nova presidente da Caixa. Além disso, o anúncio foi feito por Bolsonaro após Guimarães pedir demissão, após denúncias de assédio sexual de funcionárias do banco estatal.

Nesse sentido, Marques trabalhava como secretária de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia. Do mesmo modo, é uma das assessoras de maior confiança do ministro Paulo Guedes.

Daniella está no cargo desde janeiro de 2019 e entrou no governo como chefe da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos. Além de próxima ministro da Economia, Paulo Guedes, Daniella tem acesso direito ao ministro e goza de prestígio dentro do governo.

Nova presidente da Caixa e seu currículo

A nova presidente da Caixa trabalhou por anos no mercado financeiro, no setor de gestão independente de fundos de investimentos, em conjunto com o ministro Guedes. Foi sócia dele na Bozano Investimentos, onde atuou como Diretora de Compliance e Operações e Financeiras (COO e CFO).

Também possui formação em Administração de Empresas pela PUC/RJ com MBA em Finanças pelo Ibmec. Também foi diretora-executiva da Oren Investimentos. Além disso, atuou na Mercatto Investimentos, como diretora de Risco e Compliance, Sócia e Gestora de Renda Variável.

Entre as medidas adotadas sob sua gestão na secretaria, está um programa de empreendedorismo e crédito voltado para mulheres.

Mudanças na Petrobras (PETR4)

Após indicação de Bolsonaro e Paulo Guedes, o Conselho de Administração da Petrobras (PETR4) aprovou nesta segunda-feira (27) a nomeação de Caio Paes de Andrade para ser o novo presidente da petroleira. Além disso, Paes de Andrade foi nomeado como Conselheiro de Administração da Petrobras até a próxima Assembleia Geral de Acionistas que acontecerá em 13 de abril de 2023.

Nesse sentido, para o cargo de presidente ele venceu por sete a favor e três contra, de acordo com fontes para o cargo de conselheiro, ele venceu por 8 votos a favor e dois contra. Já para o cargo de presidente, Caio venceu por sete a favor e três contra.

Continue lendo