Conecte-se conosco

Comunicados ao mercado

Caio Paes de Andrade é o novo presidente da Petrobras

Filipe Andrade

Publicado

em

O Conselho de Administração da Petrobras (PETR4) aprovou nesta segunda-feira (27) a nomeação de Caio Paes de Andrade para ser o novo presidente da petroleira. Além disso, Paes de Andrade foi nomeado como Conselheiro de Administração da Petrobras até a próxima Assembleia Geral de Acionistas que acontecerá em 13 de abril de 2023.

Nesse sentido, para o cargo de presidente ele venceu por sete a favor e três contra, de acordo com fontes para o cargo de conselheiro, ele venceu por 8 votos a favor e dois contra. Já para o cargo de presidente, Caio venceu por sete a favor e três contra.

Caio Paes de Andrade e seu currículo

Caio Mário Paes de Andrade é formado em Comunicação Social pela Universidade Paulista, possui pós graduação em Administração e Gestão pela Harvard University e mestrado em Administração de Empresas pela Duke University. Ainda mais, é empreendedor com sucessos comprovados em tecnologia de informação, mercado imobiliário e agronegócio, fundou e liderou a construção de diversas empresas emblemáticas do mercado brasileiro de Tecnologia da Informação.

Nesse sentido, em sua trajetória realizou mais de 20 processos de M&A, incluindo consolidações de empresas, aquisições estratégicas, aquisições minoritárias, captações com investidores institucionais, desinvestimentos, spin-offs e processos de venda de controle.

Além do empreendedorismo, na área social fundou e acompanha as atividades do Instituto Fazer Acontecer – organização autossustentável que causa impacto positivo direto em 4.000 crianças e adolescentes no semiárido baiano através do esporte. Em 2019 assumiu a Presidência do SERPRO, principal estatal de Tecnologia de Informação das Américas.

Em seguida se tornou Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, antigo Ministério do Planejamento, onde coordenou a elaboração da Reforma Administrativa e da Plataforma GOV.BR, núcleo central da Transformação Digital do estado brasileiro.

Antigo presidente pediu demissão

presidente da Petrobras (PETR4), José Mauro Coelho, pediu demissão do cargo de presidente nesta segunda-feira (20) em fato relevante divulgado pela empresa.

Além disso, a nomeação de um presidente interino será examinada pelo Conselho de Administração da Petrobras a partir de agora.

A pressão sobre Coelho e a estatal cresceu após a petroleira anunciar um novo reajuste nos preços dos combustíveis na sexta-feira, o que levou governo, Congresso e o ministro André Mendonça, do Supremo Tribunal Federal (STF), a criticarem a empresa.

O dilema entre a Petrobras e os brasileiros

Não é de hoje que é discutido o dilema entre a Petrobras e os brasileiros.

Se por um lado, a Petrobras (Petr4/ Petr3), como empresa aberta, deve prestar esclarecimentos aos seus acionitas e buscar maximização de lucros. Por outro, como estatal, deveria servir como instrumento estratégico ou, pelo menos, auxiliar a população brasileira no quesito dos preços dos combustíveis nas bombas.

No entanto, dada a situação de hoje, a empresa serve mais como um encosto para agendas políticas do que uma empresa com os objetivos citados acima.

Continue lendo