Conecte-se conosco

Bolsa de valores

Fundo que aposta na queda do Bitcoin estreia com alta

Publicado

em

Biden visa Regulação de Criptomoedas

Boas notícias para aqueles que acreditam que o desmoronamento das criptomoedas ainda não terminou. A bolsa de NY lançou um novo ETF que traz lucro com a desvalorização do Bitcoin. O Fundo que aposta na queda do Bitcoin estreia com alta, e tem valorização de mais de 3% nas ultimas 24 horas. 

A maior criptomoeda do mundo caiu de uma alta próxima a US$ 70 mil (cerca de R$ 360 mil) por bitcoin em novembro de 2021 para pouco acima de US$ 20 mil (R$ 100 mil) agora, em junho de 2022. 

Após o declínio de mais de 70% desde seu pico em 2021, a empresa ProShares anunciou o lançamento de um ETF para investidores que acreditam que o Bitcoin pode despencar ainda mais. Com o código BITI, o produto foi lançado ontem e apresenta valorização de mais de 3% nas ultimas 24 horas.

Através de um método de investimento conhecida como “short” ou “venda a descoberto”, aquele que investir no fundo poderá lucrar ao estar em posição “vendida” no Bitcoin. 

Dessa forma, uma negociação deste tipo consiste na venda de um ativo no mercado com a expectativa de comprá-lo a um preço mais baixo no futuro. Ou seja, o ativo precisa desvalorizar no futuro para a operação gerar lucro.

Em comunicado à imprensa, o CEO da ProShares, Michael L. Sapir, afirmou que, “como os últimos tempos mostraram, o bitcoin pode cair de valor”. Dessa forma, a empresa oferecerá aos investidores a oportunidade de potencialmente lucrar ou proteger suas participações em criptomoedas.

Vale lembrar que no ano passado a ProShares lançou o primeiro ETF para refletir o desempenho do Bitcoin, acompanhando sua valorização. Com o código BITO, o fundo atraiu mais de US$ 1 bilhão em ativos do público em apenas dois dias. Esse ETF foi lançado em outubro de 2021, cerca de um mês antes do Bitcoin atingir seu topo histórico e iniciar o atual movimento de queda.

Continue lendo