Mercado Hoje

Bolsa tem alta de 1,24%, com resultados de BBAS3 pressionando bancos

alta da bolsa graças a BBAS3 e setor de bancos

Resultado divulgado ontem a noite influenciou alta de setor bancário como um todo, que pressionou segundo dia de alta consecutivo da bolsa

A bolsa teve alta de 1,24%, impulsionada pelo Banco do Brasil (BBAS3), que deu o tom dos bancos. O setor bancário, com Itaú (ITUB3)e Bradesco (BBDC4), tiveram maior peso no índice Ibovespa. A mesma empresa havia impactado negativamente o setor com os resultados do 4T21.

Com um aumento de 34% no lucro líquido apurado no período, o Banco do Brasil (BBAS3) motivou a sequência de altas. A sua própria foi de 2,58% neste pregão. Na sequência, vieram Itaú (ITUB3), com alta de 1,58% e Bradesco (BBDC4) com alta de 0,64%.

Lucros de BBAS3 viraram dividendos

Além de apresentar bons resultados operacionais, com aumento das margens brutas e líquidas, o Banco do Brasil também apresentou boas distribuições de dividendos. O banco anunciou os valores nesta quarta-feira. Os valores foram de R$ 0,15 em dividendos, e R$ 0,51 em JCP.

Commodities amargam nova queda

Não é de hoje que o setor de commodities vem caindo. O fenômeno aconteceu nas últimas semanas com quedas consecutivas do minério de ferro e chapas de aço. O impacto ocorreu sobretudo na CSN (CSNA3), CSN Cimentos (CMIN3) e Usiminas (USIM5). Os ativos caíram 5,53%, 3,23% e 1,74%, respectivamente.

Enquanto isso, duas empresas do setor agrícola também apresentaram queda. Foi o caso de Minerva Foods (BEEF3) e SLC Agrícola (SLCE3). Ambas as empresas tiveram queda, com BEEF3 liderando as perdas do Ibovespa. Valores foram de -7,54% e -1,64%.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.