Conecte-se conosco

Ações

FED: possível alta da taxa de juros devolve investidores para os EUA

Publicado

em

FED anuncia alta da taxa de juros

Empresas com ADR’s nos EUA foram as mais impactadas, com investidores retirando seus investimentos e buscando a nova alta dos juros americanos

O Federal Reserve (FED), Banco Central americano, deve promover nova alta da taxa de juros básicos do país em maio. Essa é a sensação do mercado, depois de fala do presidente do órgão, Jerome Powell. O comunicado foi feito em meio a um painel organizado pelo Fundo Monetário Internacional, e repercutiu nos investimentos feitos nacional e internacionalmente.

Segundo Powell: “Eu diria que 50 pontos-base estarão na mesa para discussão em maio. Realmente, estamos comprometidos em usar nossas ferramentas para recuperar a inflação de 2%”. Dentre as medidas agressivas, o FED prevê uma alta de 0,5% na taxa básica de juros.

Medida do FED segura alta do Ibovespa

As falas influenciaram o resultado da bolsa esta tarde. Com a alta do dólar, investidores estrangeiros abandonaram ações blue chips brasileiras e buscaram maiores rendimentos nos Estados Unidos. Hoje, o dólar aumentou 3,67%, impactando sobretudo empresas de exportação.

O movimento ocorreu no dia que a bolsa flertava com um dos fundos anteriores. Como resultado, o ibovespa rompeu os 111 mil pontos durante a tarde. O impacto foi maior em empresas de exportação, como CSN (CSNA3), Vale (VALE3) e Natura (NTCO3). Por outro lado, o desempenho desta última aumentou com divulgação de fato relevante hoje.

Continue lendo