Conecte-se conosco

Ações

MRV (MRVE3) aumenta suas vendas em 7,6%

Publicado

em

MRV Engenharia (MRVE3) aumenta suas vendas

A construtora MRV (MRVE3) divulgou os dados de vendas referentes ao 1T22 com aumento das vendas em 7,6% em comparação ao mesmo período de 2021. Além disso, as vendas líquidas alcançaram R$ 1,743 bilhão.

Segundo a construtora, esses resultados é o maior volume de vendas líquidas em um primeiro trimestre da história da companhia.

A MRV destacou que o trimestre terminado em março, está marcado pelo crescimento das linhas de negócios fora do programa habitacional CVA.

Já o CVA, programa Casa Verde e Amarela, é a nova aposta de sua concorrente mineira Direcional Engenharia (DIRR3).

MRV (MRVE3) lança novos empreendimentos

A MRV tem lançados novos empreendimentos acima do programa CVA que foram responsáveis por 37,7% dos lançamentos do 1T22.

Nesse sentido, a empresa realizou 8.557 vendas líquidas do 1T22 dos empreendimentos do tipo Sensia ou Class, fora do Programa CVA. Ainda mais, esses empreendimentos são uma importante evolução na estratégia de diversificação.

Liderança nacional no programa Casa Verde e Amarela

Segundo a MRV, ela se mantém como a líder nacional e continua sendo a maior incorporadora do programa. Do mesmo modo, o programa possui uma demanda enorme e é um importante programa de habitação popular.

A MRV é a maior incorporadora e construtora da América Latina no segmento de Empreendimentos
Residenciais Populares. Bem como a empresa possui 42 anos de atuação, presente em 163 cidades, em 22 estados brasileiros, incluindo o Distrito Federal.

Empreendimento milionário nos Estados Unidos

Anteriormente, a companhia anunciou a conclusão da venda de um empreendimento milionário, nos Estados Unidos.

Nesse sentido, vendeu-se o empreendimento Coral Reef, localizado na Flórida, por US$ 50,4 milhões (valor geral da venda).

Ainda, em 2021, a AHS, subsidiária americana da companhia mineira, e MRV celebraram a venda dos seguintes negócios:

  • Lake Worth, localizado na Flórida, por um valor geral de venda de US$ 54 milhões;
  • venda, em conjunto, dos empreendimentos Pine Groves e Princeton Groves (Flórida) pelo VGV US$ 95 milhões.
Continue lendo