Conecte-se conosco

Ações

Nova rodada de sanções à Rússia provoca alta do Ibovespa

Publicado

em

Novas sanções à Rússia levam a alta da bolsa

Hoje uma nova rodada de sanções à Rússia, anunciada pelo presidente Biden, tornou as commodities brasileiras ainda mais atrativas. O movimento levou a uma entrada de capital estrangeiro, que também busca a valorização do real frente ao dólar. A moeda teve valorização hoje, com o dólar chegando a R$ 4,83, menor valor desde março de 2020 (pré circuit breaks da pandemia).

As sanções anunciadas visam as empresas fabricantes de armas russas fora de território russo. As empresas tiveram seus bens e ativos congelados nos Estados Unidos. Além disso houve também congelamento do patrimônio de 328 parlamentares russos, assim como do presidente do principal banco russo, Herman Oskarovich Gref. O governo americano é contra a continuidade da Guerra na Ucrânia.

O índice teve alta de 1,79%, mirando novo topo nos 120 pontos, segundo especialistas. A maior alta da bolsa foi Magazine Luiza (MGLU3), com 10% e a maior queda foi de Localiza (LWSA3), com -6,56%.

Falas de Guedes levam a aumento no varejo

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje que o IPI seria reduzido em 33%. A medida estimula o consumo de varejo, tornando os preços mais competitivos. O mercado reagiu positivamente: Americanas (AMER3), Magazine Luiza (MGLU3), Via Varejo (VIIA3) e Mercado Livre (MELI34) tiveram aumentos – 5,96%, 10%, 4,09% e 0,94%.

O presidente do Banco Central, Campos Neto, também afirmou que prevê o fim da alta da taxa de juros para julho deste ano. Os juros futuros apresentaram queda em decorrência das falas. Além disso, com a Carta do Copom anunciada ontem, os investidores se sentem mais seguros para investimentos em renda variável.

No entanto, outras notícias contrariam a expectativa. Enquanto a alta cúpula do governo se posiciona otimista, o Banco Central informou que o Brasil deve, pelo segundo ano seguido, romper a meta da inflação. Analistas olham a informação com receio, uma vez que a taxa SELIC é usada para controlar a inflação.

Continue lendo