Conecte-se conosco

Mercado

Neon: novo unicórnio do Brasil

Avatar photo

Publicado

em

NEON UNICÓRNIO

A Neon, instituição de pagamento especializada em abertura e movimentação de contas-correntes digitais por aplicativo, é o novo unicórnio brasileiro.

Teve sua fundação em 2016, conciliando design e tecnologia com o objetivo de redesenhar e simplificar a experiência financeira das pessoas.

Além disso, a Neon visa ajudá-las a gerir melhor o próprio dinheiro, possuindo mais de 15 milhões de clientes.

Agora, com US$ 300 milhões captados, ela entra para o time dos unicórnios do país.

O que é um unicórnio?

A princípio, empresas que podem ser consideradas como unicórnios são startups que tem avaliação superior a US$ 1 bilhão.

Neon torna-se unicórnio

Em uma captação de recursos com o banco BBVA (Banco Bilbao Vizcaya Argentaria), uma das maiores instituições financeiras da Espanha, a NEON levantou US$ 300 milhões (mais de R$ 1,5 bilhão).

Nesse sentido, o banco ficou com uma participação de quase 30% no unicórnio.

Ademais, desde 2016 a fintech vem levantando capital. O somatório dos aportes ultrapassa os R$ 3.5 bilhões. Dentre os investidores, estão PayPal, BlackRock e Banco Votorantim.

De acordo com um alto executivo do negócio, os novos recursos serão destinados a fortalecer a oferta de crédito e implementar uma plataforma de investimentos, por exemplo.

Além disso, um futuro IPO pode estar nos planos do business.

Quer ficar por dentro do mercado financeiro? Nos acompanhe também pelo Instagram e Twitter! (@mercadohoje_uai).

Continue lendo