Conecte-se conosco

Mercado

BC lança novo site para consulta de valores esquecidos

Publicado

em

BC lança novo site para resgate de valores

Durante a madrugada desta segunda-feira, 14, o Banco Central (BC) lança novo site para consulta de valores “esquecidos” em bancos. Os valores são de cobranças indevidas e centavos em contas-corrente não usadas, por exemplo. A consulta é etapa necessária para reaver os valores.

A iniciativa visa colocar mais de R$ 8 bilhões em circulação. O BC já havia anunciado o lançamento do novo site no dia 7 de fevereiro. O novo site foi necessário, pois em 24 de janeiro o site original, hospedado dentro do site do Banco Central, havia ficado fora do ar graças ao grande número de acessos.

Como verificar se tenho valor esquecido

Para saber se há algum valor esquecido em contas ou bancos, basta acessar o site do Banco Central chamado Sistema Valores a Receber (SVR). Você irá encontrar esse portal:

Imagem de Reprodução – SVR

Clique no link destacado na imagem e será redirecionado para uma segunda tela, onde deverá informar os seus dados: CPF ou CNPJ e data de nascimento ou data de fundação. Essa será a tela que irá encontrar:

Segunda tela de novo site do BC para recebimento de valores esquecidos
Imagem de Reprodução – SVR

Depois de preenchidos os campos, clique em “consultar” e você visualizará a seguinte resposta, caso não possua valores a receber no lote desse mês:

Imagem de Reprodução – SVR

BC alerta sobre Golpes em novo site

No lançamento do novo site, o BC também alertou sobre a possibilidade de golpes envolvendo a ferramenta. Ele informa que nenhuma instituição está autorizada a coletar dados como CPF ou datas de nascimento, e que o BC não irá contatar ninguém por meios que não o site. Links que informem ser do BC por e-mail, WhatsApp ou redes sociais devem ser desconsiderados.

O banco também avisa que não é necessário nenhum tipo de pagamento para ter acesso aos valores. Qualquer cobrança sobre eles é indevida. Caso você perca a data de resgate dos valores, eles ainda estarão disponíveis nas instituições devidas, podendo ser resgatados a qualquer momento.

Continue lendo