Mercado Hoje

Bolsa brasileira descola dos EUA e sobe 0,87% nesta segunda-feira

Nesta segunda-feira, dia 17/05, o Índice Bovespa foi impulsionado por Petro (PETR3/ PETR4) e Vale (VALE3) e recuperou a marca de 122.938 pontos.

Na contramão dos EUA, diferentes setores da bolsa brasileira têm ajudado o índice a voltar próximo à sua máxima histórica, de aproximadamente 125.000 pontos.

Neste início de semana, os setores que mais puxaram a bolsa foram os de commodities, construção e varejo.

Nos EUA, o principal índice de ações (S&P500) encerrou o dia em queda de -0,25%.

Já na Europa, o EURO STOXX também operou em queda, fechando o dia em -0,26%.

Enquanto isso, o dólar teve leve desvalorização contra o real, de 0,08% (R$5,27).

Os principais destaques mundiais seguem entre o COVID e a inflação.

Se por um lado os EUA demonstram forte avanço contra a pandemia, os países asiáticos permanecem em estado de alerta, com ênfase para uma possível nova onda no Japão e segunda onda na Índia.

Por aqui, a média móvel de óbitos pelo COVID diminui aos poucos, enquanto o processo de vacinação segue de forma gradativa.

Ainda sobre a pandemia, em audiência no Senado, o Ministro Paulo Guedes citou que não previa uma segunda onda dessa magnitude e, por tanto, não teria destinado recursos financeiros extras para auxiliar a economia neste ponto.

Adicionalmente, a CPI da Covid segue no radar de investidores, que temem sobre uma possível crise política no meio da recuperação do mercado.

Em relação à inflação, enquanto o governo americano segue com o discurso de manutenção de estímulos para uma volta da economia mais acelerada, investidores se preocupam com as altas nos preços de bens e serviços.

De acordo com a Bloomberg, operações futuras com valores nocionais na casa de 80 bilhões de dólares foram realizadas no mercado, com vencimento para agosto de 2021. Essas opções tem o objetivo de lucrar com a alta da taxa básica de juros americana.

O racional por trás das transações vem de uma possível inflação mais alta do que o estimado pelo Governo, o que pode fazer-se necessário um aumento na taxa de juros do país.

No dia de hoje (18/05), os mercados futuros americanos amanhecem em alta, com destaque para o índice NASDAQ, que sobe 0,78% às 6:00.

O índice da tecnologia americana que vem trabalhando em tendência de queda desde o fim de abril, recupera fôlego com investidores atentos à próxima ata do FED, a ser divulgada nesta quarta-feira (19/05).

Expectativas são de manutenção de estímulos para economia americana até que o país obtenha maiores quedas na taxa de desemprego.

Na Europa, o principal índice de ações (EURO STOXX) também opera no positivo, com 0,39% de alta.

Atenção para o preço do petróleo (BRENT), que opera na casa dos 70 dólares e próximo a máxima do ano.

Uma alta no petróleo tipo BRENT, que é o petróleo negociado pela Petrobrás, pode impactar positivamente as ações da empresa.

Nesse sentido, as casas de investimento BBI (Bradesco) e BBA (Itaú) alteraram suas análises do papel de “neutra” para “compra”.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
Mercado