Conecte-se conosco

Nacional

Shein vai pagar R$ 25 mil em concurso de moda. Veja como participar

Filipe Andrade

Publicado

em

Shein vai pagar R$ 25 mil em concurso de moda. Veja como participar

A Shein apresenta esta semana a versão brasileira do Shein X, seu programa de incubação de talentos na moda. Nesse sentido, o programa é aberto a artistas de estampas e designers de roupas e acessórios, sem exigência de formação em moda.

Para participar, basta ser brasileiro e enviar uma ficha de inscrição junto com um portfólio digital para avaliação. O cadastro é realizado através da plataforma SHEIN X | Empowering Creativity | Collabs with Emerging Designers and Artists | #SHEIN X (discoversheinx.com).

Histórico do programa Shein X

Lançado nos Estados Unidos em 2021, o Shein X já alcançou mais de 20 países, resultando em 41 mil produtos criados por 4.600 participantes. Além disso, as criações são comercializadas globalmente na plataforma Shein.

Os participantes, além de receberem crédito financeiro, ganham um percentual sobre as vendas de seus produtos, divulgados em suas páginas pessoais no site. Até o momento, a Shein já distribuiu US$ 5 milhões (R$ 24,3 milhões) em comissões.

A propriedade intelectual das peças pertence à Shein, sem contrato de exclusividade com os participantes. Do mesmo modo, eles vão atuar como freelancers na plataforma, não havendo espaço para contratação fixa.

Como acabar com as dívidas em 6 passos essenciais

Os produtos digitais são fabricados na China pela varejista, cuja sede está em Singapura. Ainda mais, o valor de mercado é estimado em US$ 100 bilhões (R$ 485,4 bilhões). A empresa planeja abrir capital nos Estados Unidos neste ano.

“Queremos ajudar a desenvolver os novos talentos para que eles se tornem empreendedores”, destaca Raquel Arruda, diretora de marketing da Shein no Brasil. Os participantes iniciam expondo na plataforma global da Shein, uma oportunidade única para mostrar seu trabalho.

Projeto piloto do programa

No projeto-piloto lançado no ano passado, 225 brasileiros lançaram seus produtos no site da Shein, formando uma equipe diversificada em gênero, idade e região do país.

A Shein vai disponibilizar R$ 25 mil em crédito financeiro para designers de moda. Além disso, ela também vai disponibilizar R$ 5.000 para artistas, com o mínimo de duas peças por coleção, podendo chegar a quatro ou cinco, conforme Raquel.

Em setembro de 2023, a companhia anunciou investimentos de US$ 50 milhões (R$ 242,7 milhões) no programa até 2028, somando aportes de US$ 55 milhões (R$ 267 milhões) entre 2021 e 2023.

Nesse sentido, o centro de desenvolvimento e pesquisa da empresa na China, com cerca de 300 profissionais, tem a palavra final sobre as coleções globais, lançando cerca de 2.000 produtos novos diariamente.

No compromisso com o governo brasileiro em 2023, a empresa planeja investir R$ 750 milhões em três anos no país, com a contratação de 2.000 fábricas locais. Até o momento, a produção das peças do programa Shein X Brasil permanece na China, conforme Raquel.

Continue lendo