Conecte-se conosco

Ações

Balanço da Americanas é adiado e preocupa mercado

Filipe Andrade

Publicado

em

Balanço da Americanas é adiado e preocupa mercado

O anúncio do balanço da Americanas (AMER3) sofreu novo adiamento, causando preocupação no mercado financeiro. A princípio, agendada para esta segunda-feira, 13, a divulgação dos resultados relativos a 2022 foi postergada. A empresa assegura que os dados serão disponibilizados até quinta-feira, 16. Além disso, também está programada uma teleconferência com investidores, cujo horário ainda será confirmado.

Neste contexto, a varejista esclarece que os balanços de 2021 e 2022 estão prontos, mas o processo de aprovação interna não foi concluído a tempo da publicação original. Além dos resultados do último ano, a empresa planeja republicar os de 2021 devido a fraudes contábeis que levaram à sua recuperação judicial.

Balanço da Americanas tem outra data para ser divulgado

Em um fato relevante, a Americanas relata ter sido vítima de uma fraude sofisticada, complicando a compilação e análise das demonstrações financeiras históricas. Ainda mais, a empresa se compromete a tornar os dados públicos até 16 de novembro de 2023, antes da abertura do mercado. Na mesma data, durante a teleconferência, serão fornecidas atualizações sobre o progresso do plano de recuperação judicial e apresentado o plano estratégico futuro.

A divulgação dos balanços é crucial para a finalização do acordo sobre o plano de recuperação judicial entre a Americanas e os credores. Adiamentos anteriores já haviam atrasado a aprovação do plano em vários meses. Do mesmo modo, os credores, especialmente os bancos, consideram essencial o acesso a informações financeiras auditadas para decidir sobre a proposta que envolve um aporte de R$ 12 bilhões pelos acionistas de referência, Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira.

Em suma, a Americanas enfrenta desafios na divulgação de seus balanços, impactando a aprovação do plano de recuperação judicial, enquanto busca lidar com as complexidades decorrentes das fraudes contábeis.

Mesmo em crise empresa abre 1.200 vagas para Black Friday e Natal

A Americanas, mesmo em meio a uma crise financeira e com uma dívida declarada de R$ 42,5 bilhões desde janeiro, está anunciando a abertura de 1.200 vagas temporárias para as vendas da Black Friday e do Natal. Essa iniciativa visa fortalecer a equipe logística, e as oportunidades estão distribuídas em diversos centros de distribuição localizados em diferentes cidades do Brasil.

Continue lendo