Conecte-se conosco

Ações

Privatização da Sabesp (SBSP3) dá importante passo

Filipe Andrade

Publicado

em

Privatização da Sabesp (SBSP3) dá importante passo

Na última segunda-feira (31), o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, divulgou as diretrizes gerais aprovadas para a privatização da Sabesp (SBSP3).

As ações da companhia atingiram as máximas do ano. Contudo, a falta de detalhes e a visão de dificuldade política no processo resultaram em perdas nas ações, seguindo a tendência do mercado. Nesse sentido, os ativos SBSP3 caíram 2,19%, a R$ 56,83, às 10h08 (horário de Brasília).

Ainda mais, o modelo de follow on foi o escolhido para a privatização, após análise de outras três alternativas. Além disso,O primeiro modelo seria similar ao da Eletrobras, com regras rígidas e maior pulverização de capital. Também foram cogitadas a possibilidade de venda parcial ou total da companhia.

Tarcísio afirmou que o modelo de follow on é mais adaptável e busca investimentos de longo prazo, proporcionando maior concentração de capital para atrair investidores de referência. A previsão é que a operação ocorra no primeiro semestre de 2024 (1S24), evitando conflitos com as eleições municipais no final de 2024.

O que espera o governo de São Paulo sobre a Privatização da Sabesp

O governo de São Paulo espera que a Assembleia Legislativa do Estado (Alesp) aprove a privatização ainda em 2023, de acordo com Natália Resende, secretária de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística.

Após a aprovação do modelo de privatização, o governo dará início à primeira fase do processo, estruturando a modelagem considerando aspectos regulatórios, contábeis e jurídicos, e intensificando o diálogo com os municípios.

O governador Tarcísio afirmou que a meta é definir um bom modelo regulatório, um misto de contrato com regulação para garantir os investimentos.

A segunda etapa está prevista para o início de 2024, com foco em conversas estruturadas com investidores, por meio de roadshows, entre outras abordagens. A execução do projeto de privatização deve começar ainda no ano que vem.

Com o modelo escolhido, o governo espera adicionar pelo menos R$ 10 bilhões no plano de negócios da privatização da Sabesp, totalizando R$ 66 bilhões em investimentos, segundo o governador Tarcísio de Freitas.

Continue lendo