Conecte-se conosco

Comunicados ao mercado

Multiplan desistiu de comprar Diamond Mall do Atlético

Filipe Andrade

Publicado

em

Multiplan vai distribuir R$ 75 milhões em JCP

Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, a Multiplan (MULT3) informou que desistiu de comprar 49,9% do Shopping Diamond Mall, que é propriedade do Atlético. O Galo, por sua vez, não confirma a informação da empresa, divulgada através de nota.

Segundo a companhia, “em complemento ao Comunicado ao Mercado de 2 de agosto de 2022, informa não ter concluído a aquisição da participação remanescente de 49,9% do shopping center Diamond Mall, localizado na cidade de Belo Horizonte, permanecendo com a
participação de 50,1% na propriedade.”

Nesse sentido, o comunicado foi divulgado pelo Diretor Vice-Presidente Financeiro e de Relações com Investidores, Armando d’Almeida Neto.

A venda, que foi anunciada em agosto, é importante para o Atlético, que tem uma dívida na casa de R$ 1,3 bilhão. Portanto, precisa do recurso para quitar dívidas emergentes e onerosas. Vale lembrar que o time mineiro está na iminência da implementação da Sociedade Anônima do Futebol (SAF).

Multiplan fez outra proposta

De acordo com fontes próximas ao assunto que Mercado Hoje teve acesso, a Multiplan fez uma proposta pela compra de 25% e não de 49,9% do total restante do shopping. Com isso, a empresa de gestão e operação de shoppings centers, teria o controle operacional maior do Diamond, e não desembolsaria o valor total pedido pelo Galo.

O negócio concedia ao Atlético R$ 340 milhões pela venda do shopping localizado na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Nesse sentido, o pagamento seria dividido da seguinte forma: R$ 136 milhões à vista e R$ 204 milhões em 12 parcelas mensais, iguais e sucessivas.

Com a reviravolta na transação, os trâmites da venda recomeçarão, ou seja, o processo retornou ao ponto inicial. E é nesse ponto que pode surgir uma mudança do formato de venda atleticano.

Ainda mais, a fatia de 49,9% do shopping Diamond Mall, que ainda pertence ao Atlético, pode entrar na negociação da Sociedade Anônima do Futebol. Assim, existe a chance de o investidor da SAF alvinegra efetuar a compra também dessa parte do imóvel.

Continue lendo