Conecte-se conosco

Notícias

Professora da UFMG ganha prêmio ANPARQ

Filipe Andrade

Publicado

em

Professora da UFMG ganha prêmio ANPARQ

A pesquisadora do Núcleo Belo Horizonte e professora da Escola de Arquitetura da UFMG, Rita Velloso ganha o Prêmio ANPARQ 2022. Além disso, o prêmio foi na categoria Livro autoral com a obra “Urbano-constelação”, lançada em 2022 pela editora Cosmópolis.

O prêmio da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (ANPARQ) tem por finalidade valorizar a produção científica e a inovação da área de Arquitetura e Urbanismo em diversas modalidades. A lista completa dos vencedores da edição 2022 já está disponível (CLIQUE AQUI).

Rita Velloso é ao vinculada ao Departamento de Análise Crítica e Histórica da Arquitetura e do Urbanismo. Além disso, o volume reúne artigos produzidos nos últimos 15 anos no âmbito do projeto de pesquisa homônimo, que está em fase de conclusão.

Nesse sentido, os textos tratam de teoria e história urbana contemporânea. Ainda mais eles dão ênfase no caso brasileiro, e foram produzidos com diferentes objetivos, de cursos de graduação e de pós-graduação a publicação em periódicos.

Segundo Velloso, “Tento formular uma conexão entre arquitetura e filosofia ao olhar para a teoria urbana no Brasil, tomando como referências Walter Benjamin e Henri Lefèbvre”.

Conheça Rita Velloso

Rita de Cássia Lucena Velloso integra o corpo docente do NPGAU (Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo) UFMG, como professora permanente. Com isso, ela orienta nos cursos de mestrado e doutorado do programa.

Nesse sentido, Rita é graduada em Arquitetura pela UFMG e possui especialização em Projeto Arquitetônico pela UNIFENAS. Adicionalmente, possui mestrado e doutorado em Filosofia também pela UFMG.

Professora da UFMG ganha prêmio ANPARQ

Outra professora ganhadora foi Denise Morado que venceu com o capítulo “Precariedade e precarização da moradia em Belo Horizonte”, do livro Habitação e direito à cidade: desafios para as metrópoles em tempos de crise (Letra Capital, 2021), organizado por Adauto Cardoso, da UFRJ, e Camila D’Ottaviano, da USP. Do mesmo modo, o volume, de acesso livre, contém reflexões sobre as políticas urbanas e habitacionais no Brasil e celebra 20 anos do Observatório das Metrópoles.

Continue lendo