Conecte-se conosco

Ações

Resultados Gol Linhas Aéreas (GOLL4) no terceiro trimestre de 2022 (3T22)

Avatar photo

Publicado

em

A Gol Linhas Aéreas (GOLL4), uma das principais companhias de transporte do país, anunciou hoje mais cedo seus resultados do terceiro trimestre de 2022 (3T22).

A princípio, sabe-se que o destaque do balanço foi a retomada no 3T22 com margem EBTIDA de 17.3% e recorde de receita líquida e yield.

Reduziu-se o prejuízo em aproximadamente 38,5% no trimestre em questão (R$ 1,548 bi), sendo que a receita líquida apresentou um alto crescimento (109,4% se comparado com o 3T21), ficando superior a R$ 4,009 bilhões.

Gol (GOLL4) no 3T22

A Gol (GOLL4) registrou prejuízo líquido de R$ 1,548 bilhão no terceiro trimestre de 2022 (3T22), uma redução de 38,7% sobre as perdas de R$ 2,526 bilhões da mesma etapa de 2021, informou a operadora aérea nesta manhã de quinta-feira (27).

Ademais, cita-se que o lucro (EBTIDA) foi de R$ 695,2 milhões, enquanto o custo de combustível de aviação teve alta de 165,4% no período, sendo de R$ 1,785 bilhão.

Recentemente, alguns anúncios foram feitos pela GOL, como o casamento com a Avianca e American Airlines.

A Gol e Avianca anunciaram que estão se juntando parara criar a holding Grupo Abra.

Nesse sentido, as companhias aéreas brasileira e colombiana seguirão com operações independentes.

A Gol e Avianca anunciaram que estão se juntando parara criar a holding Grupo Abra.

Nesse sentido, as companhias aéreas brasileira e colombiana seguirão com operações independentes.

Holding da Gol e Avianca

A princípio, o controle dos dois negócios será do mesmo grupo.

Ademais, o intuito da operação é que as empresas “se beneficiam de maior eficiência e investimentos feitos pelo mesmo grupo controlador”.

Além disso, visa-se “criar um grupo líder em transporte aéreo na América Latina”.

Ressalta-se que a Avianca conta com mais de 100 aeronaves sendo a principal transportadora aérea na Colômbia, possuindo mais de 130 destinos na América Latina.

Enquanto isso, a Gol detém quase 150 aviões e é responsável por 1/3 do mercado brasileiro

Continue lendo