Conecte-se conosco

Notícias

Faraó dos bitcoins é barrado para disputa como deputado federal

Filipe Andrade

Publicado

em

Faraó dos Bitcoins

Faraó dos bitcoins é barrado para disputa como deputado federal.

De acordo com o TRE-RJ, a instituição indeferiu a candidatura a deputado federal de Glaidson Acácio dos Santos.

Preso na Operação Kryptos em agosto do ano passado, Santos tentava concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados pelo partido Democracia Cristã.

Como mencionado no Mercado Hoje, A GAS Consultoria, liderada por Glaidson Acácio dos Santos, ex garçom e conhecido como “faraó dos bitcoins”, abriu um canal de transparência para falar com clientes e esclarecer a acusação de Pirâmide Financeira. Preso pela Polícia Federal em agosto de 2021, na Operação Krypto, Glaidson (“faraó dos bitcoins) liderava a GAS Consultoria, que foi alvo de investigação por esquema de pirâmide financeira disfarçada de consultoria em criptomoedas.

Faraó dos bitcoins é barrado para disputa como deputado federal, entenda o porquê:

A GAS consultoria assessorava investimentos em Bitcoin e prometia ganhos de 10% ao mês com um aporte inicial mínimo de R$ 10 mil. Porém, segundo as investigações da Policia Federal, a GAS não aplicava os aportes em Bitcoin, apenas repassava o dinheiro para a conta pessoal de Glaidson. Parte dos lucros eram repassados aos clientes através da entrada de dinheiro de novos investidores atraídos pelo negócio aparentemente lucrativo.

Candidatura do Faraó dos Bitcoins é barrada disputa como deputado federal

A candidatura do empresário, que permanece preso, foi impugnada por unanimidade pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), sob a justificativa de que Santos é dirigente de um estabelecimento financeiro objeto de processo de liquidação. O relator do processo, desembargador Luiz Paulo da Silva Araújo Filho, ressaltou que Santos é acusado de crimes federais, incluindo ligações com a milícia.

https://agenciabrasil.ebc.com.br/

Confira aqui mais detalhes sobre a história (Clique aqui).

Continue lendo