Conecte-se conosco

Ações

Mercedes-Benz: funcionários param a produção em SP

Avatar photo

Publicado

em

Funcionários da Mercedes-Benz param a produção de veículos em SP como forma de protesto contra demissão em massa.

A princípio, a montadora alemã revelou sua pretensão de demitir mais de 3,5 mil de seus trabalhadores no estado de São Paulo.

Ademais, ressalta-se que a situação ocorre em São Bernardo do Campo, na Grande SP e que o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC vai reunir-se com diretores da fábrica visando dar início as negociações.

Situação da Mercedes-Benz no Brasil

Há poucos meses, a montadora alemã anunciou diminuição da produção no Brasil.

Nesse sentido, a redução veio a afetar a unidade fabril em São Bernardo do Campo, em São Paulo e a queda na produção diz respeito à cerca de metade da produção habitual.

Além disso, observa-se que o motivo que desencadeou tal fato é justamente a falta de peças, como componentes eletrônicos.

No início de 2022, a Toyota passou por problema semelhante, levando à interrupção temporária da fabricação do Corolla.

O motivo foi a falta de um componente relacionado ao cinto de segurança.

Ainda, no ano passado a Toyota viu em alta de 12% nas vendas de 2022 no Brasil.

A empresa da Alemanha dará licença remunerada a 6 mil funcionários, sendo uma outra possibilidade terem os dias que não trabalhem descontados de banco de horas.

Sobre montadoras, vale dizer que a Volvo revelou investimento de R$ 1,5 bi no país até 2025.

O anúncio vêm após o recorde de vendas de caminhões na nação, em 2021.

Os investimentos serão destinados para o desenvolvimento e aprimoramento de caminhões e ônibus, produzidos em Curitiba.

Além disso, o plano de investimento prevê, na fase final, um possível início da produção de tais veículos elétricos no país.

Continue lendo