Conecte-se conosco

Ações

Banrisul encaminha programa de demissão voluntária

Filipe Andrade

Publicado

em

Banrisul encaminha programa de demissão voluntária

O banco gaúcho Banrisul (BRSR6) divulgou fato relevante sobre encaminhar para análise e apreciação das entidades sindicais um programa de demissão voluntária. Além disso, a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho ocorre em meio às tratativas relacionadas à data base da categoria dos bancários.

Ainda mais, o PDV prevê o desligamento de até 824 empregados da instituição. Do mesmo modo, o plano dá preferência para aposentados ou pessoas aptas a se aposentar.

Segundo o banco, caso aprovado e firmado o acordo, as etapas seguintes necessárias para sua implementação serão adotadas pelo Banrisul.

Adicionalmente, o Banrisul manterá seus acionistas e o mercado informados sobre quaisquer novos fatos atinentes à matéria em questão.

Quer saber como investir em ações? Participe do curso “Como Investir em Ações da Bolsa Brasileira de Forma Simples”, que será realizado no dia 27 de agosto de 2022 de 09h às 12h.

Banrisul (BRSR6) distribuiu lucro para acionistas

JCP do Banrisul (BRSR6) será no total de R$ 153 milhões segundo fato relevante divulgado pelo banco gaúcho. Além disso, a reunião da Diretoria a realizada em 07 de junho de 2022 aprovou a deliberação referentes aos resultados do exercício d0 2T22.

Bem como, o valor total de R$ 153.966.630,38, sendo que o valor bruto unitário por tipo e classe de ação será de R$ 0,37647002 por ação ON, R$ 0,37647002 por ação PNA e R$ 0,37647002 por ação PNB.

Segundo a companhia, a data COM para ter direito aos proventos é 10 de junho. Entretanto, aqueles que comprarem no dia 13 de junho estarão negociando as ações na data EX.

Ainda mais, o banco gaúcho informou que realizará o pagamento dos dividendos 28 de junho de 2022 em valor líquido e isento de imposto de renda, conforme a legislação vigente.

Venda da corretora de seguros do banco gaúcho

Em 30 de maio o banco divulgou um comunicado ao mercado negando que sua corretora de seguros seria vendida para a empresa Wiz (WIZS3).

Segundo o diretor, Marcus Vinícius Feijó Staffen, “não há qualquer negociação ou expectativa de acordo, para venda ou alienação, total ou parcial, do seu negócio de corretagem de seguros.”

Continue lendo