Conecte-se conosco

Nacional

Carros mais vendidos de Junho, veja o ranking!

Publicado

em

A Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) divulgou o ranking dos carros mais vendidos de junho com uma queda 4,81% em relação a maio de veículos novos. Além disso, os dados divulgados nesta terça-feira (05) trazem que foram emplacados 133.587 automóveis do período.

Nesse sentido, ante o mesmo período de 2021, as vendas recuaram 2,4%, totalizando uma retração de 14,5% no primeiro semestre de 2022 com 917,94 mil unidades emplacadas.

Os 20 carros mais vendidos no Brasil

ModeloMontadora Número de emplacamentos
GolVolkswagen9.435
HB20Hyundai7.938
T CrossVolkswagen6.309
CompassJeep6.104
CronosFiat6.047
CretaHyundai5.924
TrackerChevrolet5.312
KwidRenault5.043
PulseFiat4.839
MobiFiat4.725
208Peugeot4.349
KicksNissan4.315
RenegadeJeep4.123
OnixChevrolet3.949
Corolla CrossToyota3.920
Onix PlusChevrolet3.874
CorollaToyota3.834
C4 CactusCitroën 3.664
VoyageVolkswagen3.603
ArgoFiat3.097

Dados da pesquisa da Fenabrave

Apenas o segmento de caminhões apresentou crescimento no emplacamento com 5,3% a mais do que o mês de maio de 2022. Entretanto, o segmento de carros leves e comerciais recuou 10,16% em comparação ao mês passado.

Na lista dos veículos comerciais a Strada da Fiat lidera com 9.840 unidades vendidas. Ainda mais, o segundo e terceiro lugares ficaram por conta de Toro e Hilux com 4.481 e 3.845 emplacamentos, respectivamente.

Adicionalmente, as montadoras que tiveram mais participação de mercado são Volkswagen, com 17,94% dos automóveis emplacados, em seguida está a Fiat com 14,09% e a Hyundai com 12,44%. Nesse sentido, fecham o ranking das 5 primeiras fábricas a GM com 12,08% e a Toyota com 9,44%.

No acumulado do ano os automóveis mais emplacados são: HB20, Onix, T Cross, Mobi e Compass. A lista dos 10 mais são finalizadas pelo Creta, Tracker, Onix Plus, Renegade e Pulse.

Renault e Renault vão investir em fábricas do Brasil

A montadora francesa Renault divulgou que vai investir R$ 2 bilhões em fábrica na cidade de São José dos Pinhais no Paraná. Além disso, a Renault do Brasil confirmou no dia 30 de junho que irá investir no Brasil até o ano de 2025.

Esse novo investimento acontece após o último ciclo de R$ 1,1 bilhão anunciado em março de 2021 pela companhia. Do mesmo modo, o plano estratégico da francesa está estruturado em três fases, lançadas em paralelo. O primeiro, chamado de “ressurreição”, se estende até 2023, com foco em recuperação da geração de caixa e margens.

Já a montadora alemã Audi anunciou que irá retornar a produção de veículos da marca na fábrica de São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Além disso, para possibilitar a reinauguração de sua unidade fabril, a Audi do Brasil vai realizar um investimento de R$ 100 milhões na modernização da linha de montagem.

Do mesmo modo, a modernização contará com novos maquinários, ferramentais, equipamentos de controle de qualidade e sistemas de tecnologia da informação e infraestrutura logística.

Continue lendo