Conecte-se conosco

Nacional

5G no Brasil começa nessa quarta

Filipe Andrade

Publicado

em

A rede de internet móvel de 5G no Brasil (quinta geração) começa nessa quarta a ser ativado pelas companhias telefônicas Vivo (VIVT3), TIM (TIMS3) e Claro. Além disso, a primeira cidade a estrear a rede será Brasília utilizando a faixa de 3,5 Ghz que se iniciará nessa quarta 05 de julho de 2022.

Com isso, Brasília será a primeira cidade do país a receber a nova tecnologia de comunicação. Nesse sentido, a capital federal sairá na dianteira porque já possuía por lá menos antenas a serem adaptadas em comparação com as demais cidades brasileiras.

Do mesmo modo, Moisés Moreira, que é conselheiro da Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações, e preside o grupo formado na agência para limpeza da faixa pela qual vão trafegar os sinais, anunciou ontem que o caminho estará livre para ativação do 5G na capital federal a partir de amanhã. Na continuação, será a vez de Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo, entretanto estas cidades ainda não tem data precisa para a ativação.

“A equipe técnica deu o ok, e Brasilia será ligada dia 6. Brasília será a primeira capital do Brasil a ter o 5G efetivamente ativado”, declarou Moreira.

Atualmente, no Brasil há mais de 65 modelos de celulares que podem rodar o 5G certificados e homologados pela Anatel. Até o ano passado, eram cerca de 40. As líderes em termos de variedade do portfólio são a Samsung (com 25 modelos), seguida de Motorola (14), Apple (9) e Xiaomi (6).

Venda da Oi, que ainda não está no 5G no Brasil, foi aprovada

A Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações, aprovou a venda de telefonia móvel da Oi (OIBR4) para Tim (TIMS3), Claro e Telefônica Brasil (VIVT3) (dona da Vivo). Nesse sentido, a parte de telefonia móvel da companhia ficará com seus rivais.

Ademais, esta era uma das questões mais fundamentais do plano de recuperação judicial da antiga Telemar. A Oi está nesse processo jurídico desde 2016, quando tinha dívida de aproximadamente 65 bilhões de reais.

Além do citado, existem condições que o trio comprador deve atender para que a venda seja concluída. As empresas devem estar, por exemplo, com os impostos em dia e precisam estruturar estratégia para mudança dos números de celular da Oi.

Oi (OIBR3) tem lucro bilionário no 1T22

A Oi (OIBR3), grande companhia de telefonia do Brasil, teve lucro bilionário no 1T22. Ressalta-se que o atraso nos resultados ocorreu devido á venda da Oi Móvel (vendida à Vivo, Claro e TIM). A princípio, o lucro foi de R$ 1,782 bi, em contraponto ao prejuízo de R$ 3,038 bilhões do 1T21.

Conforme os resultados financeiros divulgados pela Oi, “como parte do plano estratégico, a Oi continua atuando fortemente nas frentes de redução de custos, simplificação de processos, eficiência e transformação digital, garantindo a implementação de uma das mais importantes etapas operacionais do plano de transformação e a transição para um modelo que resultará em uma Companhia mais leve, ágil e centrada na experiência do cliente.”

Continue lendo