Conecte-se conosco

Ações

Bradesco (BBDC4) divulga vazamento de dados da área de financiamentos

Filipe Andrade

Publicado

em

O banco Bradesco (BBDC4) divulgou no dia 13 de maio que sua subsidiária Bradesco Financiamentos constatou um vazamento de dados não autorizados. Além disso, podem ter vazado dados de cerca de 53 mil clientes.

Segundo a empresa, os dados que foram vazados, permitindo a visualização não autorizada, são de contratos de financiamento de veículos de seus clientes.

Ainda mais, o banco tomou todas as medidas necessárias para a solução do incidente. Bem como, o banco comunicou aos clientes e às autoridades competentes, e foram adotadas medidas cabíveis pela Bradesco Financiamentos.

O Bradesco também ressalta que a característica dos dados eventualmente visualizados não coloca em risco a integridade de acesso a sistemas transacionais desses clientes junto à Bradesco Financiamentos.

Bradesco (BBDC4) informa resultados trimestrais

O Bradesco (BBDC4) divulgou fato relevante sobre os resultados trimestrais referentes ao 1T22. Ainda mais, o banco registrou um lucro líquido recorrente de R$ 6,821 bilhões.

Esse valor representa um aumento de 4,7% em comparação ao período de 2021 que foi de R$ 6,515 bilhões. Contudo, a expectativa do mercado era uma alta de 3,8% totalizando R$ 6,762 bilhões na base anual.

Os responsáveis pelo banco, informaram que o desempenho da margem financeira, das receitas de prestação de serviços e despesas operacionais contribuíram para os bons resultados.

Ainda mais, a margem financeira com clientes aumentou 7% em relação ao trimestre imediatamente anterior e 19,6% na comparação anual. O spread aumentou para 9,7%, ante 9,1%.

Entretanto, o lucro líquido contábil ficou em 7,009 bilhões, com alta de 13,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

Já a base de clientes cresceu em 5,8%, na comparação com o mesmo período de 2021, alcançando 74,8 milhões, sendo 21 milhões nas operações digiatias (Next, Bitz e Digio).

Do mesmo modo, o lucro recorrente cresceu 3,1% e o contábil aumentou 121,1% em comparação ao 1T22 e ao 4T21.

Continue lendo