Conecte-se conosco

Ações

Dia de alta da bolsa inaugura semana otimista do mercado

Publicado

em

alta da bolsa

Com alta de 1,71%, o índice Ibovespa teve alta puxada pelo aumento das commodities em contexto de guerra e insegurança internacional

Na contramão de Nova York, a alta da bolsa brasileira ocorreu devido ao aumento das commodities nacionais. A alta é a quarta consecutiva e devolve a bolsa aos 108 mil pontos. A alta da bolsa ocorre em meio a discussões sobre os lucros da Petrobrás (PETR3), principal empresa que motivou o movimento.

Após os dividendos milionários da Petrobrás (PETR3, PETR4) e os resultados promissores para o 1T22, investidores voltaram a se animar com a empresa. A alta foi de 1,11% (PETR4) e 2,76% (PETR3). Além desse ativo, Vale (VALE3), Itaú (ITUB3) e Bradesco (BBDC4) também tiveram altas: 3,35%, 1,17% e 1,51%.

Destaques negativos apesar da alta da bolsa

Apesar da alta da bolsa, os destaques negativos ficaram para a Locaweb (LWSA3) que ainda repercute o resultado pobre do 1T22. A empresa teve queda de 3,11%. Na sequência, Embraer (EMBR3) e Hapvida (HAPV3), que também decepcionaram nos resultados preliminares, com quedas de 3,03% e 2,29%.

Além delas, duas gigantes alimentícias reagiram mal a queda do dólar hoje – Minerva Foods (BEEF3) e JBS (JBSS3) tiveram quedas de 2,04% e 1,89%.

Continue lendo