Conecte-se conosco

Ações

Queda da bolsa é puxada por bancos após balanço fraco do Santander

Publicado

em

Alta do ibovespa

Itaú (ITUB3) e Bradesco (BBDC4) foram alguns dos bancos que também amargaram queda, após expectativa de mercado sobre o setor cair com balanço fraco

O Santander (SANB11) abriu a série de balanços dos bancos locais com um resultado abaixo do esperado. O balanço fraco fez com que outros bancos também surfassem na onda de baixas, impactando o índice Ibovespa. A queda, entretanto, é a sétima consecutiva do índice, algo que não acontecia desde 2016.

Com queda de 2,15%, as principais ações que impactaram o índice foram: Itaú (ITUB3), com queda de 3,4%, Bradesco (BBDC4), com queda de 4,29% e B3 (B3SA3), com queda de 3,61%.

Queda do índice Ibovespa contraria tendência de alta

Diferente do que se vinha especulando, o índice Ibovespa rompeu o topo anterior, indo contra a tendência de alta. Enquanto isso, valor de 108 mil pontos não era alcançado desde meados de março. O valor foi topo no começo de dezembro do ano passado, agindo, portanto, como uma nova resistência agora. Caso haja quedas aos 107 mil pontos, analistas afirmam que a tendência é mirar o próximo alvo, que está nos 105 mil pontos.

gráfico de índice ibovespa em queda derivada do balanço de bancos
Índice Ibovespa dia 26/04

Minério de ferro também impacta índice

Com a piora dos casos de Covid na China, há um grande receito de queda no crescimento do país. A possibilidade de novos lockdowns e redução do ritmo de crescimento diminuiu o interesse pelo minério de ferro. Além da queda dos bancos, o balanço de mineradoras também tende a piorar com a notícia.

Afinal, a venda do minério impacta diretamente o crescimento de países emergentes. Isso levou a Vale (VALE3) a apresentar uma queda de 1,37%, e, portanto, impactando também o índice.

Elétricas e petroleiras se destacaram

Enquanto isso, as companhias de energia elétrica e as petroleiras tiveram um dia positivo na bolsa. Concentrando as maiores altas do dia, companhias como CPFL (CPFE3), Equatorial (EQTL3) e Taesa (TAEE11) tiveram bons desempenhos.

Continue lendo