Conecte-se conosco

Renda Fixa

Número de investidores no Tesouro Direto bate recorde

Publicado

em

Investidores aumentam no Tesouro Direto

Janeiro viu recordes no número de investidores posicionados no Tesouro Direto. O número total de investidores foi de 1,8 milhão de CPF’s com algum título ainda em conta. Já brasileiros que façam parte do programa, isto é, já tenham investido em algum momento, subiu para 16,9 milhões, um aumento de 604 mil de janeiro de 2021 para o mês passado.

Os investidores focam em títulos do Tesouro Direto indexados a taxa Selic, cuja estimativa para esse ano é de 10,75%. O valor em vendas desses títulos totalizou R$ 1,77 bilhão de reais, correspondente a 50,47% do total de negociações. Tesouro IPCA+ e Tesouro Pré-fixado tiveram, respectivamente, 35,71% e 13,82% do total.

Investidores aumentam no Tesouro

O movimento de busca por títulos de renda fixa tem aumentado com o aumento da taxa de juros no país. A taxa Selic busca controlar a inflação, e conforme esta sobe, o Banco Central aumenta o juros visando diminuir o consumo. Isso faz os títulos indexados a Selic ficarem cada vez mais atrativos, com taxas que superam os 11% ou 12% anuais.

Muitos investidores também aproveitaram para fazer operações de trade com os títulos do tesouro. Aqueles que compraram títulos quando a previsão do índice estava em baixa conseguiram revendê-los com lucro. Somaram R$ 2,5 bilhões os resgates antecipados.

Ticket médio é baixo

No entanto o valor médio de investimento dos ativos é baixo. Aplicações de até R$ 1 mil foram responsáveis por 62% dos aportes no período, e o ticket médio é de R$ 6.342,02. Esse movimento corresponde ao movimento de investidores da bolsa, que viu um aumento expressivo de CPF’s no ano passado, chegando a 4 milhões de acionistas na Bolsa.

Saiba como declarar suas ações no Imposto de Renda 2022

Continue lendo