Conecte-se conosco

Bolsa de valores

Tesla faz recall de mais de meio milhão de veículos

Avatar photo

Publicado

em

O ano mal começou, mas a montadora americana já enfrenta problemas.

Nesse sentido, a Tesla (TSLA34), do bilionário Elon Musk, faz dois recalls: um de 500.000 veículos e outro de 26.000, conforme noticiou a Reuters.

Recall da Tesla por problema em software

Primeiramente, por um problema no software para degelo de para-brisa, a Tesla faz recall em 26.681 carros: um erro estaria atrapalhando o degelo no veículo.

Sendo assim, os modelos envolvidos nessa situação são o Model 3, Model S, Model X de 2021-2022 e Model Y, produzidos entre 2020 e 2022.

Sendo assim, a companhia afirmou que não teve ciência de ferimentos ou acidentes devido ao problema.

Contudo, a NHTSA (agência governamental de Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário) ressaltou que com o erro no sistema, motoristas poderiam enfrentar redução da visibilidade do para-brisa em certos casos. Isso aumenta o risco de colisão.

Meio milhão de automóveis Tesla em recall

Ademais, a Tesla corrigirá 578.607 carros com problemas nos sinais sonoros de aviso de pedestres.

Os pedestres, a princípio, não estariam ouvindo adequadamente o som de aproximação do Tesla, devido a música alta no veículo ou outros sons.

Recalls tornando-se comum para a Tesla

Nessa perspectiva, nos últimos quatro meses, a companhia de Musk anunciou 10 recalls. Quatro deles aconteceram nas últimas duas semanas.

Dessa maneira, os agentes reguladores de trânsito tem seus olhos voltados para a Tesla.

Um pouco sobre a Tesla

A missão da Tesla é acelerar a transição do mundo para a energia sustentável.

Foi fundada em 2003 por um grupo de engenheiros, os quais pretendiam demonstrar que veículos elétricos podem ser melhores, mais rápidos e mais divertidos de conduzir.

Atualmente, a Tesla não só fabrica veículos totalmente elétricos, mas também produtos de produção de energia limpa e de armazenamento.

A Tesla acredita que quanto mais rapidamente o mundo deixar de depender de combustíveis fósseis e passar para um futuro de zero emissões, melhor.

Acompanhe o Mercado Hoje (@mercadohoje_uai) também pelo Instagram e Twitter!

Continue lendo