Mercado Hoje

Ibovespa fecha em queda e alcança o menor patamar do ano novamente

Nesta quinta-feira 18/11, o Ibovespa, principal índice de ações da bolsa de valores brasileira, fechou em queda de 0,51%. Nesse sentido, o índice alcança, novamente, o menor patamar do ano e já é a menor pontuação desde 6 de novembro de 2020.

Além disso, os destaques positivos de quinta-feira ficaram por conta de Meliuz (CASH3), Alpargatas (ALPA4) e Notre Dame (GNDI3). Ainda mais,as ações ligadas a commodities foram os destaques negativos do pregão.

Os índices americanos S&P500 e Nasdaq fecharam em alta de 0,34% e 0,45% respectivamente, já o Dow Jones, com investidores atentos a escolha no novo presidente do banco central americano.

O dólar fechou em R$5,56, alta de 0,83% frente ao real, com investidores em forte aversão ao risco no mercado de renda variável no Brasil.

1. Mercados globais

Hoje os mercados europeus amanhecem negativos com o EURO STOXX em queda de 0,61% às 09:00. Do mesmo, o aumento de novos casos de coronavírus, preocupa os governos de países europeus.

Nos EUA, os mercados futuros operam mistos, com o DJIA em queda de 0,54% e o índice NASDAQ sobe 0,28%.

Na China, a bolsa de Shangai fechou em alta de 1,13%, com divulgação de balanços que vieram positivos de grandes empresas chinesas.

2. Sobre o COVID

Mais de 298,1 milhões de vacinas foram aplicadas até o dia 18/11 no Brasil, com número médio de mortes e os números de novos casos em tendência estável. Adicionalmente, 59,73% da população brasileira recebeu a segunda dose ou vacina de dose única.

3. Notícias importantes de hoje

A empresa Petz (PETZ3) informou que precificou seu follow-on (oferta subsequente de ações) no valor de R$ 19,00 por ação. Com base neste valor fixado por ação, a operação movimentou cerca de R$ 779 milhões.

A rede de farmácias Raia Drogasil (RADL3) aprovou a compra da empresa de saúde Cuco Health. Além disso, a rede comprou 100% da start-up catarinense que vem inovando o setor de saúde através de tecnologia.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.