Mercado Hoje

Ibovespa fecha no negativo com apreensão da alta da inflação

Nesta terça-feira 16/11, o Ibovespa, principal índice de ações da bolsa de valores brasileira, fechou em queda de 1,82%. Nesse sentido, o mercado está apreensivo com a alta da inflação no mundo, que tem gerado grande impacto negativo no consumo.

Além disso, os destaques positivos de terça-feira ficaram por conta de Suzano (SUZB3), Petrobras (PETR3) e GPA (PCAR3). Ainda mais, o destaque negativo ficou por conta de Magazine Luiza (MGLU3) com forte queda de 12,62%, após divulgação do balanço que veio abaixo da expectativa do mercado.

Os índices americanos Dow Jones, S&P500 e Nasdaq fecharam em alta de 0,15%, 0,39% e 0,76% respectivamente, com dados positivos em 1,7% em outubro referente ao varejo americano.

O dólar fechou em R$5,49, alta de 0,78% frente ao real, com sinais de recuperação da economia nos Estados Unidos.

1. Mercados globais

Hoje os mercados europeus amanhecem positivos com o EURO STOXX em leve alta de 0,08% às 09:00. Do mesmo, a inflação na zona do euro ainda preocupa os investidores.

Nos EUA, os mercados futuros operam mistos, com o DJIA em leve queda de 0,09% e o índice NASDAQ sobe 0,12%.

Na China, a bolsa de Shangai fechou em alta de 0,44%, com destaque positivo para o setor de tecnologia, que está sendo menos pressionado pelo governo chinês.

2. Sobre o COVID

Mais de 294,6 milhões de vacinas foram aplicadas até o dia 16/11 no Brasil, com número médio de mortes e os números de novos casos em tendência de baixa. Adicionalmente, 58,84% da população brasileira recebeu a segunda dose ou vacina de dose única.

3. Notícias importantes de hoje

A empresa Braskem (BRKM5) divulgou fato relevante com a aprovação de emissão de debêntures da companhia, no valor total em cerca de R$ 840 milhões.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.