Mercado Hoje

Ibovespa fecha em queda com aumento da inflação

Baixa Ibovespa

Nesta terça-feira 26/10, o Ibovespa, principal índice de ações da bolsa de valores brasileira, fechou em queda de 2,11%. Nesse sentido, os investidores estão temerosos com o aumento da inflação que deu sinais de mais um alta com a divulgação do IPCA-15 que avançou 1,2%.

Além disso, os destaques positivos de terça-feira ficaram por conta de EDP Brasil (ENBR3), Braskem (BRKM5) e Gerdau (GOAU4). Ainda mais,as ações da Azul (AZUL4) foram o destaque negativo com queda de 8,38%.

Os índices americanos Dow Jones, S&P500 e Nasdaq fecharam em alta de 0,04%, 0,18% e 0,06% respectivamente, com os dois primeiros índices alcançando, novamentes, as máximas históricas.

O dólar fechou em R$5,57, alta de 0,32% frente ao real, com divulgação dos balanços das maiores empresas americanas que estão vindo com dados positivos.

1. Mercados globais

Hoje os mercados europeus amanhecem negativos com o EURO STOXX em queda de 0,12% às 09:00. Do mesmo, o destaque negativo fica por conta das ações do setor de mineração.

Nos EUA, os mercados futuros operam mistos, com o DJIA em leve alta de 0,08% e o índice NASDAQ cai 0,11%.

Na China, a bolsa de Shangai fechou em queda de 0,98%, com destaque negativo para as ações do setor de tecnologia.

2. Sobre o COVID

Mais de 273,1 milhões de vacinas foram aplicadas até o dia 26/10 no Brasil, com número médio de mortes abaixo de 500 pelo vigésimo segundo dia consecutivo e os números de novos casos em tendência de leve alta. Adicionalmente, 52,65% da população brasileira recebeu a segunda dose ou vacina de dose única.

3. Notícias importantes de hoje

Hoje será divulgado pelo COPOM (Comitê de Política Monetária), a taxa Selic com expectativa do mercado de aumento de 1,5 ponto percentual. Com isso, a taxa ficaria em 7,75% ao ano.

O Banco mineiro Inter (BIDI11), divulgou lucro líquido de R$ 19,2 milhões no terceiro trimestre deste ano. Ainda mais, no ano o banco acumula lucro de R$ 58,326 milhões.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.