Mercado Hoje

Mercado prevê Inflação mais alta pela 23ª semana seguida e agora salta da Selic

O Banco Central divulgou nesta segunda-feira (13/09), o relatório Focus com expectativa do mercado para alta da inflação em 2021 de 8%, aumento de 0,42% em relação a semana passada. Além disso, é a 23ª semana seguida que o mercado eleva a projeção da inflação.

A meta da inflação para 2021 é de 3,75% com limite máximo de 5,25%, conforme estipulado pelo CMN (Conselho Monetário Nacional).

Já a Selic, taxa básica de juros, teve sua projeção elevada para 8%, um aumento de 0,37% em relação a semana passada, o que é uma sinalização de que o mercado espera que o banco central irá elevar mais a Selic para conter a inflação.

A projeção do PIB, que é a soma de todos os bens e serviços finais produzidos no país, ficou em 5,04%, queda de 0,11% frente a semana passada, sinalizando uma desaleração do indicador. Do mesmo modo a expectativa do dólar ficou em R$5,20, um aumento de R$0,03 em comparação à semana anterior.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.