Mercado Hoje

Investimento em Renda Fixa: Saiba a diferença entre pós-fixados, prefixados e IPCA+

Renda Fixa

Uma dúvida comum entre os investidores são as diferenças entre os investimentos em renda fixa pós-fixados, prefixados e IPCA+. Veja neste tópico as modalidade praticadas no mercado:

Pós-Fixados

Investimento em renda fixa que está atrelado à um indicador de taxa de juros, como taxa CDI e taxa SELIC.

Apesar de serem considerados investimentos mais seguros, não é possível determinar suas rentabilidades finais no ato do investimento, uma vez que os indicadores sofrem oscilações ao longo do tempo.

Prefixados

Investimento em renda fixa que possui uma taxa de rentabilidade anual predeterminada (por ex. 10% ao ano).

Os ativos prefixados já têm suas rentabilidades anuais demonstradas no ato do investimento. No entanto, essa rentabilidade fixa só é garantida caso o investidor permaneça com a sua aplicação até a data de vencimento. Caso contrário, o título prefixado pode incorrer prejuízos ou rentabilizar o investidor a uma taxa diferente da acordada.

IPCA+

Investimento em renda fixa que segue a taxa de inflação adicionada à uma taxa prefixada (por ex. IPCA + 5%).

Os ativos IPCA+ são uma forma de renda fixa híbrida, pois seguem um indicador financeiro (inflação) e possuem uma taxa prefixada. Nesse sentido, não é possível determinar suas rentabilidades finais no ato do investimento.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Finanças