Mercado Hoje

Ibovespa fecha em queda após 5 sessões consecutivas de alta

Mercado de ações sofre realizações, refletindo o cenário político e internacional. Bancos e Varejo são os mais afetados.

Nesta segunda-feira (19/04), o Ibovespa encerrou a sessão em 120.934 (-0,15%), primeira queda após 5 altas consecutivas.

Mesmo com a alta expressiva da Petrobras, de 5,80%, o principal índice de ações brasileiro sofreu queda, repercutindo os movimentos nas bolsas dos EUA e, principalmente, as incertezas sobre o Orçamento de 2021.

Nos EUA, de acordo com o The Wall Street Journal, as bolsas caíram com expectativas sobre a temporada de balanços e revisões nas avaliações das empresas.

O destaque de ontem ficou para o índice Nasdaq, que caiu quase 1%.

Já o dólar segue perdendo força contra o real. Ontem, a moeda americano fechou em R$5,55 (-0,63%).

Voltando para o Brasil, os assuntos que vem tomando as atenções de investidores são a CPI da COVID e o Orçamento para 2021.

No âmbito da CPI da COVID, há receio sobre os desdobramentos políticos e impactos econômicos que as investigações podem causar.

Sobre o orçamento, existe grande preocupação sobre a situação em que o Governo se encontra.

Ventila-se nas mídias que o Orçamento foi aprovado entre o Congresso e Governo, abrindo espaço para o Executivo alocar despesas de forma mais dinâmica e acomodar as emendas parlamentares.

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, deverá trazer mais detalhes sobre o acordo na sua fala, hoje a tarde.

Com isso, o cenário demonstra o grau de fragilidade em que o país se encontra, o que é automaticamente refletido no mercado financeiro.

No dia de hoje, os mercados futuros americanos seguem no negativo, com o S&P 500 em -0,44% às 07:30.

O mesmo movimento acontece na Europa, com o Euro Stoxx em queda de 1%.

Rumores sobre o exercício de guerra iniciado pela Rússia afetam os mercados mundiais, de acordo com a Bloomberg.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
Mercado