Mercado Hoje

Recorde histórico: 4 motivos porque o Bitcoin subiu mais de 100% em 2021

Bitcoin alcança máxima histórica e passa cada vez mais a ser utilizado por empresas e investidores institucionais.

Bitcoin bate recorde de valor

Nesta terça-feira (13/04), o preço do Bitcoin, a principal criptomoeda mundial; atingiu novo recorde chegando a 63 mil dólares. Isto significa uma valorização de mais de 100% em 2021.

Este otimismo pode ser atribuído à alguns fatores:

1- Empresas renomadas como a Dell, Tesla e Calvin Klein já aceitam o Bitcoin como forma de pagamento. Além disso, grandes instituições de caridade, como a Red Cross (Cruz Vermelha), também aceitam doações por forma de Bitcoin.

Com isso, a moeda virtual passa ser cada vez mais um meio de pagamento para bens e serviços, e menos um ativo de negociação.

2- O efeito do “halving” segura oferta de Bitcoins mesmo com uma demanda maior, e isso impulsiona os preços da moeda.

Uma tradução simples de “halving” é cortar pela metade. Já no contexto do Bitcoin, o “halving” ocorre a cada 4 anos e reduz a oferta de Bitcoins pela metade, e com isso a moeda se torna cada vez mais escassa.

3- Novas tendências do ser humano também influenciam a valorização da criptomoeda. No caso, novas tendências como o maior consumo online ou até mesmo o efeito de pessoas passarem mais tempo conectados à internet.

Com novas gerações e disrupções exponenciais ocorrendo todos os dias, a mecânica do Blockchain vem sido compreendida por diferentes gerações, e isso atrai investidores a comprar Bitcoins.

4- Além do seu uso como “papel de compra e venda”, o Bitcoin é cada vez mais utilizado como forma de investimento. Com isso, apesar de altas volatilidades, a moeda pode servir como um bom ativo de diversificação nas carteiras de investimento.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Mercado